Livraria 18 de Abril

Cadastre-se gratuitamente | Entrar

Comentários

Mensagem: Os pequenos da rua

 

 sim, eu sei que devemos fazer alguma coisa. mas o que, como, de que maneira? me aflige ter que rezar para chegar inteira em casa, me aflige ter que rezar para que meus filhos voltem pra casa. mas o que fazer de bom com os "meninos de rua"? como fazer? o que e quando? moro em porto alegre e gostaria de uma orientação a respeito. obrigada, obrigada, obrigada. - HELENA

 

 esta mensagem espelha perfeitamente o que acontece em nossas vidas. entretanto, estas crianças são de igual valor para nós, se comparadas a nossos filhos, são crianças, almas confiadas a alguem, que as deixou ao alento, muitas vezes, privadas de amor, carinho, base,estrutura , acompanhamento, seguança, enfim,abandonadas neste plano que nos encontramos. tenho vontade de abraçar cada uma que agora, neste momento está sozinha se perguntado: "quem me agasalhará? quem fará minha dor passar.? estou doente. estou com fome. - ALINE

 

 olá... ao ler essa msg meu coração acelerou e meus olhos encheram-se de lágrimas, pois convivo com essa realidade... crianças abandonadas a própria sorte, obrigadas a cobrar delas próprias o que não lhe ensinaram no berço. olho com desespero para elas, na ansia de transmitir algo de bom, ao sair de casa rezo todos os dias para que possa transmitir além de meus conhecimentos, algo que os transforme em um indíviduo que busque fazer o ser humano maravilhoso que existe dentro deles crescer e o ter será uma consequencia. ao iniciarmos as nossas aulas oramos e dirigimos a todos da família, pais, irmãos, a todos que com carinho e humildade olham por eles e tentam de alguma forma passar-lhes o que não tem em seus lares, em suas vidas!porém nunca deixando de agradecer a deus por aquelas pessoas que os colocaram no mundo, para que ela encontre a misericódia de deus e ajam como verdadeiros pais! que acolhe, abriga, proteje, educa e antes de tudo ama incondicionalmente! - SMKC

 

 essa msg só vem acrescentar mais conviccão na minha profissão,professora. pois, apesar da pressão q nós recebemos dos governantes para ensinar visando apenas valores estatisticos ou atender demanda de mercado, qdo adentro minhas salas de aulas, tento ao máximo mediar o conhecimento humanistico e cidadão. porque quero e desejo q aqueles q por mim passarem, saibam q não são os bens materiais q faz o carater de um homem, e sim suas atitudes e firmeza de proposito. afinal, todos somos iguais e dignos de respeito e justiça...enqto docente, quero q eles sintam e façam a sua história nesta sociedade tão corrupta e suja, que tenham a possibilidade de reescrever a história. - IRANY MARCIA DE OLIVEIRA

 

 realmente é triste o que presenciamos todos os dias , e não somos capazes de diminuir , o sofrimento de nossas crianças , pois temos que , conviver com a dor de uma ajuda , que não é suficiente , pois principalmente no nosso país , o dinheiro publico está sendo delapidado pelos politicos corruptos , quem sem duvida poderiamos fazer um pouco mais , e assim cada um de nós também deixar de pensar somente em si , e vamos ajudar a mudar esta foto do nosso dia a dia . - ABRAHãO AFIUNE NETO

 

 gostaria de ter forças o suficiente para tirar da rua da delinquencia tantas crianças que nascem desprotegidas e não encontram guarida no seio familiar. com esta reflexão verdadeira chegou o momento de participar, ajudar e dar sempre o melhor para ver n o futuro seres cheios de idealismo. sei que tudo nesta vida, o pouco que fizermos serão gotas que ajudarão, mas farei sempre a minha parte. um abraço e obrigada pelo incentivo - SAN DRA LôBO